fbpx
Entenda como funciona o sistema Start & Stop
19 de dezembro de 2018
Qual a importância do fluido de freio?
23 de janeiro de 2019

Quais os riscos de errar na hora da escolha do óleo lubrificante?

Muitos motoristas podem não prestar atenção no tipo de produto que vai ser colocado para dentro do carro na hora de completar o óleo. Utilizar tipos de óleos que não são compatíveis ou recomendados para o veículo pode trazer uma série de problemas para o veículo, e que geralmente começam com a queda substancial no desempenho.

Primeiramente, é importante saber quando e como verificar o nível do óleo, que deve ser feito apenas quando estiver frio e parado em algum lugar plano.  Realizando a troca dentro dos prazos estabelecidos, você garante o bom funcionamento do motor e a durabilidade do veículo. Confira a seguir 3 dicas para não errar na hora da troca de óleo:

1 – Atente-se aos prazos

Com o tempo de uso e as altas temperaturas atingidas pelo motor, o óleo vai envelhecer, perdendo sua viscosidade. Se você não respeitar o prazo de troca, o óleo perde sua função de lubrificação correta das pelas do motor e começa a formar uma borra.

2 – Troque o filtro de óleo

O filtro deve ser trocado todas as vezes em que ocorrer a substituição do lubrificante. Ele é o responsável por reter as impurezas que o lubrificante retira das peças do motor, portanto, possui a mesma data de validade do óleo.

3 – Escolha uma oficina ou loja especializada

Fique atento ao estabelecimento que você vai escolher. O recomendado é procurar uma oficina ou loja especializada para garantir 100% de que seu veículo está em boas mãos. Quando a fábrica projeta o motor de um carro, ela leva em consideração qual é o melhor tipo de lubrificante para suas peças. Por isso, o óleo mais indicado para seu veículo é aquele que está no manual do proprietário.

Os comentários estão encerrados.